“Castramóvel” e situação de animais em empreendimento do Araretama foram discutidos em reunião da Frente Parlamentar dos Animais

por Robson Luis Monteiro publicado 20/02/2018 11h46, última modificação 20/02/2018 11h46
Evento contou com a participação de representantes da Prefeitura, assessores parlamentares e de membros da comunidade
“Castramóvel” e situação de animais em empreendimento do Araretama foram discutidos em reunião da Frente Parlamentar dos Animais

Nova reunião definiu metas para a defesa dos animais de Pindamonhangaba

Presidida pelo vereador Ronaldo Pinto de Andrade – Ronaldo Pipas (PR), a Frente Parlamentar Municipal de Proteção e em Defesa dos Animais realizou nesta quinta-feira, dia 15 de fevereiro, na Sala de Reunião da Presidência da Câmara, uma nova reunião para debater diversos assuntos relacionados à defesa de animais de Pindamonhangaba. O evento contou com a presença do Diretor de Proteção de Riscos e Agravos à Saúde da Secretaria de Saúde, Rafael Lamana e do Diretor de Comunicação de Pindamonhangaba, Lucas Cembranelli. Participaram, ainda, os assessores parlamentares Fabienne Costa Lemes, Danilo Homem de Melo Gomes da Silva (Gabinete do vereador Rafael Goffi) e Lucas Gomes Ferreira (Gabinete do vereador Roderley Miotto), além dos munícipes Maria Aparecida de Oliveira (Associação JAYA), Domingos Sávio Duran e Cleide Fernandes da Silva (Comissão de Proteção e Defesa aos Animais da OAB/PINDA)

Na abertura dos trabalhos, o Presidente da Frente Parlamentar Municipal de Proteção e em Defesa dos Animais, Vereador Ronaldo Pipas, agradeceu a presença de todos, em seguida, iniciou a pauta questionando o Diretor de Comunicação da Prefeitura, Lucas Cembranelli. Foi indagado ao diretor as mais variadas perguntas sobre os medicamentos para castração de animais do empreendimento “Bem Viver” - Araretama. Cembraneli disse que conversou sobre o assunto com a responsável pela farmácia solidária, sra.Cláudia. “Ela que tem contato com as empresas do setor de medicamentos. Já foi contatado o responsável por esta área que arrumará os medicamentos. Também saliento que na questão dos médicos-veterinários, o profissional da Prefeitura está à disposição, inclusive, em sua clínica”. Cembranelli disse, ainda que, é ideia da Sra. Cláudia solicitar patrocínio para causa. A seguir, o Diretor de Proteção de Riscos e Agravos à Saúde da Secretaria de Saúde, Rafael Lamana, comentou que “a Prefeitura conseguirá fechar com aproximadamente 300 castrações e com o medicamento social o custo provavelmente cairá”.

Segundo Lucas Cembraneli, “hoje temos que priorizar o empreendimento “Bem Viver”, uma vez que no mês de março já serão entregues os apartamentos, e que temos que conseguir parcerias com veterinários”. Rafael Lamana acrescentou que essa é uma ação emergencial no empreendimento “Bem Viver” com o apoio dos R$ 100.000,00 da emenda impositiva do vereador Ronaldo Pipas para o ato. Em seguida, a pauta da reunião foi direcionada para a ação de castrações em cidades vizinhas, o chamado veículo “Castramóvel”, sobre a Emenda Parlamentar de R$ 70 mil e sua burocracia.

Questionado pela munícipe, Maria Aparecida de Oliveira - Cida questionou sobre a demora na licitação do projeto de castração via Emenda Parlamentar de R$ 70 mil reais. Rafael Lamana explicou todo o trâmite, ou seja, a elaboração do termo de referência, do Edital, do objeto, que não é simples como pensam e que tem que respeitar a Lei, e afirmou que acabou de fechar o 3º orçamento e que iniciará a licitação. Sobre o “Castramóvel”, ele afirmou que é o meio mais eficaz, rápido e barato, custando R$ 110,00 por castração. “A empresa vem com a equipe pronta e faz 200 castrações por dia”, afirmou.

Por sua vez, o cidadão Sávio Durand expôs que “primeiro tem que ver qual a intenção do dono do animal, se vai ficar ou não, pois tem a questão do risco, são aproximadamente 500 animais, tem que ter plano, prioridade, etapas, por exemplo, fêmeas de grande porte que dão mais filhotes”. Já o vereador Ronaldo Pipas mencionou que tem contato com o assessor do Deputado Ricardo Izar, que conseguiu “Castramóvel” para vários municípios, e que Pindamonhangaba é um dos municípios contemplados com o veículo. Pipas esclareceu que “entrará em contato com a assessoria do Deputado para saber a previsão de quando chegará o Castramóvel em Pindamonhangaba”.

Foram abordados ainda temas como a reforma do abrigo municipal e o pedido de um parecer oficial do CRMV – Conselho Regional de Medicina Veterinária sobre o “Castramóvel”. Entre outras ações ficou deliberado que:

 - os R$ 70 mil da emenda parlamentar vão dar continuidade aos trabalhos burocráticos, aguardando abrir licitação;

- R$ 100 mil da Emenda Impositiva serão destinados a focar no empreendimento “Bem Viver”, por ser caráter emergencial, contratar empresas para castração;

- Lucas Cembraneli deverá conversar com o Prefeito para tentar melhorar a verba de R$ 100 mil para o empreendimento “Bem Viver”; marcar uma reunião com todos presentes e chamar as Clínicas interessadas, para definir planos e executar, na semana que vem, no auditório da Prefeitura.

E os presentes decidiram, em comum acordo, convidar para reunião no dia 22 de fevereiro, a Capitã Lucimeire Jeronymo e Delegado de Polícia, Dr. Vicente Lagiotto, para debater a pauta parceria/apoio da Polícia Militar no combate aos maus- tratos ou crueldade contra animais e o esclarecimento e informações sobre os procedimentos efetivos do Distrito Policial relativos aos maus- tratos ou crueldade contra animais em nosso Município. A próxima reunião está agendada para a quinta-feira, dia 22, às 9h00 na Câmara de Pindamonhangaba.