A pedido de autor, Projeto de Lei da “Virada Cultural” é adiado pelo Plenário da Câmara de Pindamonhangaba

por Robson Luis Monteiro publicado 06/03/2017 11h22, última modificação 06/03/2017 11h22
Na Tribuna Livre, o Presidente do Conselho Municipal da Comunidade Negra, Antonio Rogério Lemes de Souza – Pai Rogério abordou as necessidades e projetos do Conselho
A pedido de autor, Projeto de Lei da “Virada Cultural” é adiado pelo Plenário da Câmara de Pindamonhangaba

Único Projeto de Lei da pauta, que tratava da Virada Cultural da cidade, foi adiado por solicitação do autor, vereador Renato Cebola

A 5ª Sessão Ordinária de 2017, realizada na sexta-feira, dia 03 de março, no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira” contou com um único ítem na Ordem do Dia: Projeto de Lei n° 35/2017, do vereador Renato Nogueira Guimarães – Renato Cebola (PV), que “Institui a Semana da Virada Cultural no Município de Pindamonhangaba”. E a pedido do autor, o documento foi adiado – por unanimidade – por 30 dias. O vereador Renato Cebola alegou que “precisa rever alguns pontos no projeto e estudar melhor uma forma de aprimorá-los”.

Tribuna Livre

Momentos antes do início da sessão ordinária, o Presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra, Antonio Rogério Lemes de Souza – Pai Rogério fez uso da Tribuna Livre da Casa e abordou o tema “As necessidades e projetos do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra. Ao se dirigir aos vereadores e ao público presente, Pai Rogério apresentou as condições atuais do Conselho. “Hoje temos o espaço e mais nada. Além disso, estão no mesmo espaço, as entidades “Apamex - Amor Exigente” e o “Projeto Crescer”. Ele disse que foi oferecida uma sala no prédio onde funciona o Procon de Pindamonhangaba para todos os Conselhos Municipais. “A atual Administração quer colocar todos os Conselhos num mesmo local oferecendo espaço, acesso à internet e até mesmo um funcionário”, explicou. Pai Rogério disse “estranhar essa situação”, pois se for para o local indicado a Administração, o dirigente afirma que “poderíamos ter todas as condições para o nosso trabalho, desde que seja agendado um horário para ocupar as mesas do local, o que se torna improdutivo e difícil”. Ele pediu que os vereadores analisem a situação e vejam o que é possível fazer para auxiliar o Conselho neste momento”. Por sua vez, os parlamentares explicaram que vão fazer uma visita ao local para estudar uma solução que atenda a todas as partes envolvidas.


6ª Sessão Ordinária e Sessão do Dia Internacional da Mulher

E nesta segunda-feira, dia 06 de março, às 18 horas, os vereadores de Pindamonhangaba retornam ao Plenário da Câmara de Pindamonhangaba para a 6ª Sessão Ordinária de 2017. Ainda neste dia, às 19h30, acontece a Sessão Solene em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O Palácio Legislativo “Dr. Geraldo José Rodrigues Alckmin” - sede do Poder Legislativo - está localizado na rua Alcides Ramos Nogueira, 860 – Mombaça. As sessões são abertas à população, com transmissão “ao vivo” pela internet no portal www.pindamonhangaba.sp.leg.br.