Consciência, experiências e emoção marcaram a Sessão Solene “Outubro Rosa” na Câmara de Pindamonhangaba

por Robson Luis Monteiro publicado 25/10/2019 10h12, última modificação 25/10/2019 10h12
Mulheres com histórias de superação e trocas de vivências foram homenageadas pelo Poder Legislativo; oradora oficial disse que “prevenção continua sendo o melhor caminho”
Consciência, experiências e emoção marcaram a Sessão Solene “Outubro Rosa” na Câmara de Pindamonhangaba

Exemplos de luta pela vida, mulheres de Pindamonhangaba que venceram o Câncer de Mama foram homenageadas pela Câmara de Vereadores do município

Sob a presidência da vereadora Gislene Cardoso – GI (DEM), a Câmara de Vereadores de Pindamonhangaba realizou nesta quarta-feira, dia 23 de outubro, no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira”, a sessão solene comemorativa ao “MÊS DE PREVENÇÃO AO CÂNCER DE MAMA - EM OUTUBRO PENSE ROSA”. O evento foi realizado por iniciativa e engajamento deste Poder Público em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, no apoio à campanha pela consciência, pela convergência e trocas de experiências práticas no debate pela prevenção e enfrentamento ao câncer de mama. Além da vereadora, participaram da sessão o vereador Rafael Goffi Moreira (PSDB), o Prefeito de Pindamonhangaba, Dr. Isael Domingues, a Presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeira-dama, Cláudia Domingues, a sargento do Exército, Paula Santos Oliveira (representante do Ten. Cel. Conrado José Sales Mororó – comandante do 2º Batalhão Borba Gato), a Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB Pindamonhangaba, Maria Rosemeire Gouvêa de Almeida, a oradora oficial, Pastora Vânia Rodrigues da Silva Perez, a Secretária de Saúde de Pindamonhangaba, Valéria dos Santos, a Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Pindamonhangaba, Viviane Camargo Ferreira e a Presidente do Comitê de Mobilização Social pela Educação, Simone Braça.

Após saudar as autoridades da Mesa e o público presente – formado por familiares das homenageadas e convidados especais -, a vereadora Gislene Cardoso concedeu a palavra à oradora oficial da tarde, Pastora Vânia Rodrigues da Silva Perez.

Considerada uma das maiores especialistas em aconselhamento, orientação e acompanhamento de pacientes que sofrem desse mal, a Pastora Vânia Perez fez um breve relato das experiências que viveu e, ainda vive, no convívio de mulheres que descobrem o câncer e iniciam o tratamento. “Nós devemos fazer isso não somente em outubro, mas o ano inteiro. O câncer não aparece só em outubro, mas sim todos os dias e por esta razão o auto-exame e a prevenção são fundamentais”, relatou.

    

Vânia Perez enfatizou que “a prevenção é tudo no combate a essa doença, por isso estejamos atentas todos os dias. Cuidemos de nossa saúde física, assim como cuidamos de nossa saúde espiritual”. E finalizou: “Como dizia Erasmo Carlos, a mulher não é o sexo frágil, é sim o sexo forte. A mulher é aquela que tem muita fé e a fé nós une e nos dá força pra seguir em frente após as adversidades. Mas o amor também é a força que nos cura de muitas doenças. O amor traz grandes benefícios para nossa vida e o maior é a força da cura. Quando amamos, curamos a alma, o corpo e o espírito. Por esta razão, ame você, ame o seu corpo, ame a sua mente, ame cada pedacinho seu, pois você é a herança de seus pais e de Deus. Quem ama cuida”.

Pronunciamentos das autoridades

Em seguida, a Presidente do Fundo Social de Pindamonhangaba e primeira dama do município, Cláudia Maria Vieira Domingues falou sobre as ações sociais da Prefeitura, frente a este mal que não escolhe idade, aparência e nem classe social. “O Poder Público tem o dever de atuar fortemente na área da saúde, mas devemos entender que cada cidadão deve fazer a sua parte. Os exames preventivos do colo de útero diminuíram muito. Por isso precisamos que todos se unam pra que as mulheres compareçam para realizar esses exames”.

    

Já a Secretária de Saúde, Valéria dos Santos abordou a questão da saúde pública, em especial do câncer de mama, enfatizando que “a rede pública oferece as condições, mas as pessoas têm que buscar esses exames. O corpo fala e os exames clínicos estão à disposição da população. A mulher ao se tocar, descobre o tumor, ela tem o autoconhecimento”. Valéria disse que “essa é uma luta de todos. O câncer acomete em nossas mães, irmãs, tias, primas, enfim em todas as nossas mulheres e o Outubro Rosa é uma forma de conscientização”.

Já a Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Viviane Camargo Ferreira salientou que “a importância da prevenção, pois sei o que é o câncer, já que minha avó teve câncer e acompanhei ela até o final”. Ela parabenizou as homenageadas: “vocês são vitoriosas e abençoadas por Deus e ganharam uma segunda chance de viver a vida”.

    

Por último, usou a palavra o Prefeito, Dr. Isael Domingues, que conclamou a todos a uma “reflexão para a vida”. Para o Chefe do Executivo, “todos nós somos suscetíveis a acidentes e incidentes e a palavra de Deus existe para nossa vida, pois ela nos da força e nos sustenta”. Dr. Isael lembrou da escritora Cora Coralina e frisou que “a vida não é curta ou longa, mas eu sei que nada nesta vida tem sentido se não tocarmos os corações das pessoas, por isso parabenizo a todas as homenageadas desta tarde festiva, por terem tocados os nossos corações. Vocês tem o meu respeito, carinho e solidariedade”.

Homenagens

Na celebração da vida e na luta com esse mal, a Câmara de Pindamonhangaba outorgou e concedeu honrarias às mulheres que venceram esse mal. Foram agraciadas com Diplomas de “Honra ao Mérito” as ilustres homenageadas: Érica Fernanda de Jesus Silva, Ana Lúcia Mattoso, Ângela Maria Marques de Souza, Maria Auxiliadora da Silva Santos e Eliane de Matos Santana.

    

    

    

Emoção

Em dois momentos emocionantes da sessão solene, a participação e apresentação das músicas com a cantora Bianca Ariel, marcaram, com amor, alegria e felicidade, as pessoas que estavam presentes.

Concluindo os trabalhos da sessão solene, a vereadora Gislene Cardoso parabenizou a todas as homenageadas e agradeceu a presença de todos os presentes. Ela finalizou dizendo que “nesta sessão plenária, tivemos momentos encantadores, recheados de emoções à flor da pele e olhares atentos. A medicina é limitada, mas Deus vai além. Saímos daqui, nesta tarde, mais fortalecidas, mais revigoradas, complacentes e mais humildes, desejosas de que saúde preventiva é o melhor caminho pra longevidade. Viva a vida”.