Em nova reunião, Vereadores recebem dirigentes da Educação e do Meio Ambiente para implementar ações educativas em Pindamonhangaba

por Robson Luis Monteiro publicado 14/06/2017 16h35, última modificação 14/06/2017 16h35
Parlamentares da Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esportes estiveram reunidos nesta quarta-feira feira, dia 14 de junho, no Auditório Vitório Cassiano, na Câmara de Pindamonhangaba
Em nova reunião, Vereadores recebem dirigentes da Educação e do Meio Ambiente para implementar ações educativas em Pindamonhangaba

Comissão quer definir ações educativas para meio ambiente e trânsito

A Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esportes - composta pelos vereadores Ronaldo Pinto de Andrade – Ronaldo Pipas (PR) e Renato Nogueira Guimarães – Renato Cebola (PV) e pela vereadora Gislene Cardoso - Gi (DEM) - voltou a se reunir nesta quarta-feira, dia 14 de junho. Nesta nova reunião de trabalho, os parlamentares contaram com a participação do Secretário de Educação e Cultura de Pindamonhangaba, Júlio César Augusto do Valle; da Diretora do Meio Ambiente da Prefeitura Municipal, Silvia Vieira Mendes Pires e dos representantes do Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino, Cristiane Cristina Olímpio e Renato Guaycurú Mendonça. A vereadora Gislene Cardoso – Gi justificou a ausência. No início dos trabalhos, a ata da última reunião, realizada no dia 07 de junho foi discutida e aprovada por unanimidade.

Na pauta da reunião estava relacionado diversos assuntos. Inicialmente, os vereadores Ronaldo Pipas e Renato Cebola explicaram que era preciso iniciar um debate visando a intensificação e ampliação das atividades de educação ambiental e educação de trânsito na cidade, incluindo as escolas municipais, estaduais e demais cidadãos. Ambos destacaram “os problemas de depósito de lixo em local irregular e também a falta de respeito a sinalização de trânsito da cidade”.

Na questão do lixo, a Diretora do Meio Ambiente, Silvia Pires, enfatizou que “hoje 100% da cidade é atendida na coleta de lixo mas que falta conscientização da população na hora do descarte desse tipo de material”. Ela explicou que “no município existe o Programa Casa Verde, cujo objetivo é trabalhar a educação ambiental com os alunos da Rede Municipal de Ensino”. Silvia acrescentou que “o município tem trabalhado para implantação do Programa Verde e Azul e de quatro postos de entrega voluntária de resíduos”. Entretanto, a Diretora de Meio Ambiente reforçou “a necessidade de regulamentação de Leis sobre resíduos de construção civil”.

No que diz respeito ao trânsito, o representante da Diretoria de Ensino de Pindamonhangaba, Renato Mendonça citou os problemas da falta de respeito dos motoristas nas faixas de segurança da cidade. Também representando a Diretoria de Ensino, Cristiane Olímpio, informou que “o Nucleo Pedagógico da Diretoria de Ensino é dividido em várias áreas e ela juntamente com o Renato são responsáveis pela área do meio ambiente”. A dirigente observou que “em 2015 participou do início das atividades do município para implantação do Programa Verde e Azul, mas que não acompanhou a conclusão dos trabalhos”.

Cristiane frisou, ainda, que em Campos do Jordão, em parceria com a Defesa Civil, foi implantado o projeto “#aprender para previnir”, que consiste na conscientização dos alunos dos atos que podem provocar um acidente natural. Ela também citou outra ideia: a dos alunos catadores de sucata. “Todo material arrecadado é revertido para própria escola do aluno, mas há necessidade de parceria com cooperativas”, salientou a educadora. O vereador Ronaldo Pipas lembrou que na Escola Municipal “Augusto César Ribeiro”, localizada no bairro do Vila Rica, já existe este Projeto de Reciclagem com a coordenação da gestora Carmem Augustinho e todo o material arrecadado e vendido é revertido na realização de uma Festa para as crianças no final do ano. Uma outra ideia implementada em Campos foi a troca de garrafa Pet por cadeiras de rodas, em parceria com a iniciativa privada. Na questão da educação no trânsito, Cristiane e Renato relataram “que para os alunos do 4º ano existe uma simulação realizada pelo DEPTRAN de Pindamonhangaba, através do qual, esses alunos participam como se fossem os veículos e devem reconhecer a sinalização”.


Em função dos inúmeros assuntos levantados, a Comissão, os membros da Prefeitura e do Estado decidiram agendar uma próxima reunião para o dia 02 de agosto, às 16h30. Neste encontro serão relatados os programas existentes e que apresentam resultados positivos no município, para assim traçar um cronograma de atividades. Os vereadores e os participantes da reunião desta quarta-feira, dia 14, concordaram que fossem convidados as seguintes pessoas: a Gestora do projeto de Educação Ambiental “Casa Verde” da Secretaria de Educação, Adriana Nogueira; a Diretora de Trânsito de Pindamonhangaba, Luciana Viana; a gestora da Escola Municipal “Augusto César Ribeiro”, do bairro do Vila Rica, Carmem Augustinho e o Coordenador da Defesa Civil de Pindamonhangaba, Miguel Vieira Machado.

Ainda durante o encontro de trabalho, o vereador Rafael Goffi (PSDB) citou a existência do Projeto de Lei que visa a segurança em perímetro escolar, através do qual se prevê uma série de benfeitorias como iluminação pública e outros. Outra sugestão apresentada foi do dirigente da Diretoria Regional de Ensino, Renato Mendonça. Ele sugeriu que o Projeto “Edutran” seja estendido aos alunos do Ensino Médio e que o projeto de perímetro escolar tenha participação dos alunos. Já a Diretora de Meio Ambiente, Silvia Pires, registrou sua preocupação com os “recursos humanos para execução das atividades propostas durante a reunião”.

Finalizando, a Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esportes alterou o horário de suas reuniões para as 16h30. O Presidente da Comissão, vereador Ronaldo Pinto de Andrade - Ronaldo Pipas, encerrou o encontro e convocou os membros para a próxima reunião a ser realizada no dia 21 de junho, quarta-feira, no Auditório Vitório Cassiano.