Legislativo confirma verba de R$ 731 mil para reforma do Centro de Especialidades Médicas

por Luiz Carlos Pinto publicado 15/03/2016 17h30, última modificação 10/06/2016 08h55
Vereadores autorizam, por unanimidade, convênio com Fundo Estadual de Saúde para realização de melhorias no atendimento dos pacientes; também foi aprovado R$ 160 mil para aquisição de óculos para o Fundo Social de Solidariedade
Legislativo confirma verba de R$ 731 mil para reforma do Centro de Especialidades Médicas

Instante da votação da Ordem do Dia

Dois projetos de abertura de crédito adicional foram inclusos na 8ª Sessão Ordinária, no último dia 14. As propostas aprovadas por unanimidade pelos parlamentares são: o Projeto de Lei nº 20/2016, de autoria do Poder Executivo, que dispõe de abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 731 mil, na Secretaria de Saúde e Assistência Social, através de convênio firmado com o Fundo Estadual de Saúde, visando a reforma do Centro de Especialidades Médicas; e o Projeto de Lei nº 18/2016, de autoria do Poder Executivo, que dispõe de abertura de crédito adicional suplementar, no valor de R$ 160 mil, que será utilizado para aquisição de óculos, conforme decisão do Conselho Deliberativo do Fundo Social de Solidariedade de Pindamonhangaba.

 

Ordem do Dia

Os vereadores de Pindamonhangaba aprovaram dois projetos de denominações de próprios municipais na Sessão do último dia 14.

O Projeto de Lei n° 11/2016, de autoria do vereador José Carlos Gomes – Cal (PTB), que “Denomina a alça de acesso do viaduto do bairro das Campinas, de Padre Samuel José de Carvalho” e o Projeto de Lei n° 16/2016, de autoria do vereador Janio Ardito Lerario (PSDB), que “Denomina de Leandro Lopes Barbosa, a Quadra localizada na Escola Aparecida Arantes Vasques”, no bairro Mombaça, foram aprovados por unanimidade pelos edis.

 

Padre Samuel José de Carvalho

Nascido em Virgínia – MG, foi ordenado padre em 2005. Realizou seus estudos religiosos na Casa Geral de Roseira, da Congregação dos Oblatos de Cristo, estudou Filosofia em Lorena e Teologia em Taubaté. Trabalhou em Brasília, em Barretos e em Santos, onde fez pós-graduação na área da educação na Unisantos. Em Pindamonhangaba foi pároco na Paróquia São Cristóvão, no bairro Cidade Nova, onde junto com a comunidade, lutou para a construção do viaduto do bairro das Campinas, sobre a rodovia Presidente Dutra. Atualmente está na cidade de Vargem Grande Paulista. Padre Samuel é muito querido nos bairros Cidade Nova, Campinas e adjacências, onde tem uma legião de amigos e fiéis. Sempre que pode visita Pindamonhangaba para rever os companheiros. Seu nome será perpetuado em Pindamonhangaba, denominando a alça de acesso do viaduto do bairro das Campinas, que liga a rua José Benedito Quirino à Estrada Municipal do Tanque. Obra que, com sua contribuição, junto às comunidades dos bairros ao redor, salvou muitas vidas, oferecendo mais condições de segurança para a população transpor a rodovia Presidente Dutra.


Leandro Lopes Barbosa

Falecido na antevéspera de completar 25 anos, solteiro, era filho de Eleonis e Andreia Lopes Barbosa. Menino simples e irradiante, vivia cercado de amigos. Nasceu em São Paulo e veio muito pequeno para Pindamonhangaba, onde realizou todo o seu ciclo escolar, iniciando na Remefi do Crispim (Planed), depois São Judas Tadeu, Eurípedes Braga, João Martins de Almeida até concluir na FAPI, onde começou o curso de Fisioterapia, transferindo depois para Educação Física. Amante dos esportes, praticava futebol e vôlei, também adorava o kart. Sempre participou dos jogos do Interbairros, onde atuava tanto no futebol quanto no vôlei. Era atleta do time de futebol da Associação Atlética Ferroviária e atuou profissionalmente no vôlei representando Pindamonhangaba e a FAPI. Nos últimos meses de vida, morava em Atibaia, onde exercia a profissão de caldeireiro, mas voltava todo final de semana para Pindamonhangaba. Apesar de escolher a metalurgia como profissão, nunca deixou de praticar esportes, seja na academia, corrida nas ruas, o vôlei e o futebol com os amigos, além de atuar também nos campeonatos amadores. De personalidade forte, tinha poder de decisão, era um guerreiro que ia para a batalha em busca de seus ideais. Era o amigo para se rir e chorar e apesar de sua rápida passagem de vida, foi exemplo e será sempre lembrado por seus amigos e familiares, pois deixou o legado que é possível o Ser Humano viver em alegria e transmitir a todos esse Dom. Seu nome será eternizado denominando a quadra de esportes da Escola Municipal (REMEFI) Professora Maria Aparecida Arantes Vasques, no bairro do Mombaça, onde morava com a família.

Tribuna Livre

A munícipe Karen Cláudia Pereira de Campos, moradora do Parque das Palmeiras fez uso da Tribuna Livre para solicitar aos vereadores que intercedam junto à Administração Municipal e aos Correios, visando solucionar os problemas e a entrega de correspondências no bairro. Os moradores do Parque das Palmeiras querem o fechamento das passagens irregulares, do bairro para o Distrito Industrial e a construção de uma praça pública, cujo projeto foi apresentado em 2014. Da praça, até o momento só existe o terreno com uma mata. Não foram construídas as calçadas, nem os bancos e, muito menos, feito a jardinagem e nada da iluminação. De acordo com a munícipe, a passagem irregular favorece a prática de atos ilícitos como roubos e assaltos, bem como a falta de iluminação transforma o bairro em um motel ao ar livre, proporcionando também o consumo de drogas. Ela quer, ainda, que os edis intercedam junto aos Correios, pois o bairro não é atendido pela entrega de correspondências, sendo que já foram feitos vários pedidos e protocolados junto à empresa. Karen ressaltou que o Parque das Palmeiras não possui residências irregulares e que atendem totalmente a portaria 567 dos Correios, que normatiza a entrega de correspondências.


Próxima Sessão Ordinária

A 9ª Sessão Ordinária será realizada no dia 21 de março de 2016, segunda-feira, a partir das 18 horas, no Plenário “Francisco Romano de Oliveira”, localizado na rua Alcides Ramos Nogueira, 860 – Loteamento Mombaça.

As sessões são abertas à população e poderão, ainda, ser acompanhadas através da transmissão “ao vivo” pela internet no portal www.pindamonhangaba.sp.leg.br e no canal 04 (digital) da operadora de TV a cabo NET, de Pindamonhangaba.