Legislativo reconhece atuação do Dr. Monteclaro César e advogado terá nome perpetuado em praça do Flamboyant

por Robson Luis Monteiro publicado 28/03/2017 10h20, última modificação 28/03/2017 10h20
Projeto de Lei é de autoria do vereador Rafael Goffi Moreira e foi aprovado por unanimidade pelo plenário
Legislativo reconhece atuação do Dr. Monteclaro César e advogado terá nome perpetuado em praça do Flamboyant

Em votação unânime, vereadores confirmaram homenagem ao Dr. Monteclaro César

A 9ª Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pindamonhangaba realizada nesta segunda-feira, dia 27 de março, às 18 horas, no Palácio Legislativo “Dr. Geraldo José Rodrigues Alckmin” teve um Projeto de Lei relacionado na Ordem do Dia para ser apreciado e votado pelos vereadores: o n° 55/2017, do vereador Rafael Goffi Moreira (PSDB), que “denomina a Praça 01 (um) do Loteamento Residencial e Comercial Flamboyant, Pindamonhangaba/SP, de DR. JOSÉ ALBERTO MONTECLARO CÉSAR”. Os parlamentares confirmaram a aprovação por 10 votos a zero.

Ao ler a biografia do Dr. Monteclaro César, o autor do projeto, vereador Rafael Goffi salientou que “Pindamonhangaba resgata uma justa homenagem a um homem que dedicou toda uma vida a fazer o bem ao próximo e a valorizar o ser humano”.

Biografia

Nascido no dia 6 de outubro de 1927, em Lorena, José Alberto Monteclaro César se tornou pindamonhangabense de coração ao longo da vida. Filho de Francisco Romeiro César e Evangelina Monteclaro César, veio para Pindamonhangaba em 1947 para servir o Exército no Batalhão Borba Gato, em sua primeira tropa.

Casou-se com Diva Pereira Monteclaro César em 1949. Juntos, tiveram cinco filhos: Maria Cristina, José Alberto, Maria Inês, Maria Diva e Maria Lúcia. Também tem 13 netos, 11 bisnetos e um tataraneto. Foi funcionário público estadual das Secretarias de Agricultura e de Esporte e Turismo, na qual foi Inspetor Regional e aposentou-se neste cargo. Em 1951 foi membro fundador do Rotary Clube de Pindamonhangaba. No período de 1956 a 1959, foi vereador em Pindamonhangaba. Em 1979, recebeu o título de Cidadão Pindamonhangabense da Câmara de Pindamonhangaba. Em 2005, também recebeu o título de Irmão Benemérito da Santa Casa de Misericórdia de Pindamonhangaba. Foi Provedor da Santa Casa de Pindamonhangaba pela primeira vez de 1988 a 1993 e presidente da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo por dois mandatos entre os anos de 1996 e 2005. Em 2009, exercendo o cargo de Tesoureiro da Confederação Internacional das Entidades de Misericórdia, recebeu da Ordem Internacional do Mérito das Misericórdias, o título de Comendador em reconhecimento aos inestimáveis serviços prestados às obras de Misericórdia. Em agosto de 2013 reassumiu o cargo de provedor na Santa Casa de Pindamonhangaba exercendo-o até janeiro de 2017. Foi presidente do Serviço de Obras Sociais (SOS) de Pindamonhangaba de 2001 a 2017. Sempre demonstrou um carinho muito especial por esta entidade e pelo trabalho desenvolvido por ela.

Formado em Ciências Jurídicas pela Universidade de Taubaté (UNITAU), foi presidente da subseção de Pindamonhangaba na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de 1995 a 1997. Faleceu no dia 02 de fevereiro de 2017, deixando uma lacuna imensa, principalmente dentro de sua família, que o admira e ama muito.


10ª Sessão Ordinária

A Câmara de Pindamonhangaba volta a se reunir na próxima segunda-feira, dia 03 de abril, às 18 horas, para a realização da 10ª Sessão Ordinária de 2017. A reunião é pública e os vereadores promoverão a sessão no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira”, que está localizado na rua Alcides Ramos Nogueira, 860 – Mombaça. A sessão tem transmissão “ao vivo” pela internet no portal www.pindamonhangaba.sp.leg.br.