Vereadores apoiam Projetos de Lei e ruas e estrada terão novos nomes em Pindamonhangaba

por Robson Luis Monteiro publicado 24/09/2019 14h14, última modificação 24/09/2019 14h14
Plenário também aprovou o Projeto de Lei que altera dispositivo em Lei Municipal de 2008 que trata do Pedágio Municipal
Vereadores apoiam Projetos de Lei e ruas e estrada terão novos nomes em Pindamonhangaba

Os 5 Projetos de Lei da Ordem do Dia foram aprovados pelos parlamentares no Plenário "Dr. Francisco Romano de Oliveira"

Os vereadores de Pindamonhangaba aprovaram nesta segunda-feira, dia 23 de setembro, os 5 Projetos de Lei que estavam relacionados na Ordem do Dia da 33ª Sessão Ordinária de 2019. A reunião pública foi realizada no Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira".

Após a leitura do expediente, dos requerimentos da noite e da discussão no plenário, os parlamentares iniciaram as votações com o Projeto de Lei n° 79/2019, do vereador Rafael Goffi Moreira (PSDB), que “Denomina a Avenida 05 (cinco) do Loteamento Santa Clara, Pindamonhangaba/SP, de Avenida Dr. Paulo Emílio de Almeida”. O documento recebeu aprovação unânime.

Paulo Emílio de Almeida

Nascido em Paraisópolis/MG em 17 de setembro de 1933, era filho de Álvaro Augusto de Almeida e Alzira de Carvalho Almeida. Ficou órfão de mãe aos 3 anos de idade e foi carinhosamente acolhido e cuidado pela segunda esposa de seu pai, a Sra. Maria Rosa de Almeida. Sempre muito estudioso e sedento de conhecimento, escolheu o Direito como a profissão sobre a qual colocaria toda a sua dedicação. Formou-se na Universidade de Minas Gerais em 1957, retornando a Paraisópolis, em seguida, e constituindo família com Maria Celina de Carvalho Almeida em 1959. Mudou-se para Pindamonhangaba em 1963, com a esposa e o filho mais velho, estabelecendo-se como Advogado num escritório particular. Educou seus filhos sob as regras cristãs e teve deles um retorno à altura: honestidade, fidelidade, benevolência e honradez.

No campo profissional, após um tempo de trabalho autônomo, foi convidado para atuar como Advogado na fábrica de papéis Cícero Prado, posteriormente denominada Companhia De Zorzi de Papéis. Foram 28 anos de dedicação à empresa, exercendo a profissão de forma leal e digna. Trabalhou como advogado autônomo até os 82 anos de idade. Durante o período de trabalho ativo, honrou igualmente a profissão de outras formas, tendo sido Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil — OAB, em Pindamonhangaba, em 1991. Dr. Paulo Emílio foi um dos Advogados que mais lutou para a criação da Subsede da OAB em Pindamonhangaba, pois ela era subordinada à subsede de Taubaté. Completamente integrado à sociedade pindamonhangabense, participou de diretorias diversas, de instituições como o Clube Literário e a Associação Internacional de Lions Clubes. Dr. Paulo Emílio semeou amizade em vários locais de Pindamonhangaba, sendo querido e estimado por todos aqueles que tiveram a oportunidade de conhecê-lo e admirá-lo. Deixará para esta cidade, e para seus entes queridos, muita saudade, bons exemplos e o agradecimento eterno.


Shangri-lá

Na sequência, o plenário apreciou – e aprovou por 10 a zero – o Projeto de Lei n° 123/2019, do vereador Rafael Goffi Moreira, que “Denomina a Rua 21 do bairro Shangri-lá, de Rua Wilson de Oliveira Costa”.

Wilson de Oliveira Costa – Pió

Nascido em 23 de agosto de 1946, é o primeiro dos seis filhos (Dulce, Carlos, Nelson, Vera e Paulo) do casal José Costa Filho (funcionário público do Estado e Prefeitura) e de Adelaide de Oliveira Costa. Estudou no Grupo Escola Dr. Alfredo Pujol. O apelido Pió veio dos bancos escolares, quando o saudoso professor Jairo Monteiro pediu à turma de sua classe redigir uma redação. Preocupado mais com o futebol do que com as atividades escolares sua redação ficou incompleta e respondeu ao professor que sua redação foi a ‘pió’ da sala. O apelido pegou e foram mais de 50 anos conhecido em toda a cidade como ‘Pió’. Em sua adolescência destacou-se por sua habilidade esportiva sendo um exímio jogador de futebol disputando por muitos anos campeonatos da Liga Municipal pela equipe do Bela Vista (conhecido time da região do bairro das Campinas). Começou a trabalhar cedo como entregador de compras e juntando suas economias após alguns anos, alugou um ponto comercial na rua Campos Sales, onde durante 8 anos funcionou o Bar do Pió, tradicional ponto de encontro de comerciantes e trabalhadores da cidade.

Casou-se em 23 de março de 1974 com Tania Dulce Pereira Costa, com quem ficou casada por 36 anos tendo três filhos Alexandre, Wilson Júnior e André. Em 1982, transferiu seu ponto para a Rua dos Andradas, onde permaneceu mais 28 anos criando uma freguesia fiel e amiga através de seu bom humor e atendimento descontraído. Faleceu em 08 de junho de 2010 recebendo as homenagens de muitos amigos e deixando seu legado de trabalho, honestidade e alegria, orgulhando em ter passado por essa vida sem inimigos.

Avenida Arthur dos Santos

O terceiro documento aprovado foi o Projeto de Lei n° 153/2019, do vereador Roderley Miotto (PSDB), que “Prolonga a denominação da Avenida Arthur dos Santos (antiga avenida n° 01), localizada no Loteamento Industrial Água Preta”. Segundo o autor, a Avenida n°. 01 do Loteamento Industrial Água Preta recebeu a denominação de ‘Arthur dos Santos’, por meio da Lei Municipal n°. 5.019/2010 e com o passar dos anos ocorreu a expansão do distrito industrial e consequentemente da avenida citada teve a necessidade do prologamento da denominação, a fim de regularizar o logradouro.


Estrada Vicinal

Em seguida, o plenário iniciou a deliberação – e consequente promoveu a aprovação – do Projeto de Lei n° 154/2019, do vereador Janio Ardito Lerario (PSDB), que “Denomina uma Estrada Vicinal de Clarindo Augusto dos Santos”. A estrada é vicinal e fica paralela à Rodovia Presidente Dutra, com início na Avenida José Monteiro Machado César, estendendo-se até o Posto Batistela (antigo restaurante Joia da Dutra).

Isenção de Pedágio

E, por último, aconteceu a votação e aprovação do Projeto de Lei n° 155/2019, do vereador Jorge Pereira Alves – Jorge da Farmácia (PR), que “Altera o dispositivo da Lei Municipal n° 4.794, de 06 de maio de 2008”. O documento aprovado prevê, em seu artigo 1º, que a alínea ‘b’, do artigo 2°, da Lei n.° 4.794, de 06 de maio de 2008 passa a vigorar com a seguinte redação: "Art. 2° Estarão isentos desta cobrança os veículos automotivos com as características abaixo relacionadas: b) Os veículos não oficiais dos membros da polícia federal, polícia rodoviária federal, polícia ferroviária federal, polícia militar, do corpo de bombeiros, das forças armadas, agente penitenciário, mediante prévio cadastro da placa; (Redação dada pela Lei Ordinária n° 5.305, de 09 de dezembro de 2011)."

Jorge da Farmácia argumentou, em sua justificativa ao plenário, que “o presente projeto acrescenta a isenção de cobrança de veículos para a categoria ‘Agente Penitenciário’, considerando que é uma atividade relacionada às demais categorias apresentadas, e tido como atividade de segurança pública”.


34º Sessão Ordinária

E na próxima segunda-feira, dia 30 de setembro, a partir das 18 horas, os vereadores retornam ao Plenário “Dr. Francisco Romano de Oliveira” para a realização da 34ª sessão ordinária da Câmara de Pindamonhangaba. A reunião ordinária é pública e aberta a toda sociedade pindamonhangabense e conta com transmissão “ao vivo” pelo canal 4 da Operadora NET e, também, pela internet no portal www.pindamonhangaba.sp.leg.br. O Palácio Legislativo “Geraldo José Rodrigues Alckmin” está localizado na rua Alcides Ramos Nogueira, 860 – Mombaça.